Após mandar demitir Dallagnol e equipe de meninos da Lava Jato, Dodge quer investigar Janot

0

Da coluna do Estadão:

A equipe de Raquel Dodge, que assume hoje a Procuradoria-Geral da República, foi orientada a marcar todos os acessos a informações sigilosas, anotando datas e horários. O cuidado é para ter como se defender de eventuais acusações de vazamentos após a sua posse. O clima de desconfiança entre os grupos de Dodge e de Janot permeou a troca de bastão na procuradoria e os movimentos indicam que vai continuar. No discurso de cerca de 10 minutos que ela promete fazer hoje, foi estimulada a propor um resgate da confiança no Ministério Público.




Vem que tem. Interlocutores de Dodge dizem ser um caminho natural a abertura de investigação interna para apurar a conduta de seu antecessor diante das polêmicas que marcaram a saída de Janot do cargo.

De outros sites

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.