TOMA! Danilo Gentili se dá mal de novo e vai ter que pagar ‘multa salgada’

0

Danilo Gentili, hoje à frente do The Noite, no SBT, perdeu mais uma etapa da batalha judicial contra a Band, onde estreou no extinto CQC. O canal abriu um processo contra o apresentador por quebra de contrato. O comediante deveria permanecer até o final de 2014 na Band, onde à época comandava o Agora É Tarde, mas foi para a rede de Silvio Santos em 2013, na qual mantém um talk show próprio.

Condenado em 2015 a pagar mais de 1 milhão de reais para a emissora, valor referente a um ano de salário na Band mais correções, o apresentador estava com uma apelação em curso, que também foi negada pelo TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo). Procurada, a Rede Bandeirantes informou que não comenta processos judiciais. O humorista, que ainda poderá recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, também não irá se pronunciar sobre o caso.

A primeira condenação do processo foi proferida pela juíza Maria Rita Rebello Pinho Dias, da 18ª Vara Cível do Tribunal de Justiça de São Paulo, em 2015. Segundo ela, a saída de Danilo da Band resultou em danos materiais devido ao “custo para a realização de análises de mercado para readequar o programa Agora é Tarde sem a participação do réu pessoa física, além de eventual valor excessivo pago pela autora para contratação de nova equipe, incluindo apresentador, do mencionado programa, em caráter de urgência, além de lucros cessantes correspondentes ao valor dos contratos que já haviam sido negociados com os anunciantes do programa”.

O ex-companheiro de Gentili no CQC Rafinha Bastos foi quem ficou à frente da atração até março de 2015, quando a Band tirou o programa do ar.

veja

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.