Deputado é vaiado ao defender fechamento do Congresso e intervenção militar; CONFIRA!

0

Da Gazeta do Povo:

No meio da votação da aprovou o fim das coligações partidárias e motivado pela polêmica de um general que falou em intervenção militar no país, o controverso deputado Cabo Daciolo (PTdoB-RJ), que se elegeu quatro anos atrás pelo PSOL, defendeu em discurso nesta quarta-feira (20) o fechamento do Congresso Nacional e a intervenção militar no país. Disse que ali só tem corruptos e pediu que os brasileiros estendam a bandeira do Brasil nas suas janelas e varandas em forma de protesto. A defesa do fechamento do Congresso ocorreu no final de sua fala, que durou quatro minutos.

(…)

Continua depois da Publicidade

O parlamentar foi eleito pelo PSOL em 2014, mas foi expulso do partido no ano seguinte, depois que ele defendeu a liberação dos doze policiais acusados de torturar o pedreiro Amarildo de Souza, caso emblemático ocorrido numa favela do Rio, em 2013. O partido, porém, preferiu não retirar o mandato dele.

(…)

Por seu discurso, Daciolo pode ser alvo de uma representação por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética da Casa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.