RENAN DETONA JANOT: Se não fosse Cunha ele teria usado a PGR para cometer o crime de obstrução de Justiça juntamente com Temer

0

Depois das declarações do senador Renan Calheiros (PMDB_AL) denunciando de maneira gravíssima, sobre o então procurador Geral da República Rodrigo Janot, dando conta de que o mesmo teria feito um acordo com o presidente Michel Temer, para indicar o novo Procurador Geral da República e em troca, não denunciaria ministro do governo, deixou o nome de Janot em fragalhos perante a opinião pública.

O senador do PMDB disse que o fato só não se consumou por que o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) na época, ameaçou contar tudo a população brasileira, por isso Janot teria pedido um tempo para Temer, que acabou partindo para uma aproximação com o ministro Gilmar Mendes, uma ciumeira, ao então PGR que resolveu perseguir o presidente de maneira implacável.

Na opinião de vários observadores políticos, esse fato é grave e demanda uma apuração aprofundada, para que Janot seja punido na forma da lei por ter usado a PGR, com a finalidade de cometer o crime de obstrução de justiça.

Continua depois da Publicidade

Segundo os observadores políticos que conversaram conosco, essa operação Lava não se sustenta mais, pois a opinião pública já sentiu que a mesma está aí para atender alguns interesses.

Um analista político disse: ” Janot foi o pior Procurador Geral da República de Todos os tempos.”

Click Política

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.