Ex-braço direito de Cunha diz que Temer será derrotado na Previdência

0

O deputado-guitarrista Rogério Rosso, vice-líder do governo na Câmara, disse hoje a Michel Temer que o Planalto não terá votos para aprovar a reforma da Previdência na semana de 19 de fevereiro.

“Disse ao presidente que a Câmara dos Deputados em nenhuma hipótese vai chegar a 308 votos com esse texto. Se colocar para votar, o governo vai ser derrotado”, declarou Rosso a jornalistas na saída do encontro.

“A Previdência está cada vez mais longe do que perto de ser aprovada”, acrescentou o deputado, que já se disse contrário à proposta do governo.

antagonista

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.