DENÚNCIA GRAVE! Gebran, amigo de Moro, negou prova que poderia derrubar farsa do Triplex do Guarujá

0

DO DCM:

“No início de 2017, o juiz Sergio Moro e Tribunal Regional Federal da 4a. Região negaram à defesa do ex-presidente Lula a produção de uma prova que poderia desmontar a farsa da reforma no triplex do Guarujá atribuído a Lula”, diz o jornalista Joaquim de Carvalho, no Diario do Centro do Mundo. “Os advogados recorreram, mas, no Tribunal Regional Federal, o relator João Pedro Gebran Neto manteve a negativa de Moro”.

“Entre os pedidos da defesa, estava demonstrar se ‘a OAS utilizou diretamente de recursos eventualmente ilícitos oriundos dos três contratos firmados com a Petrobras indicados na denúncia, na construção e eventuais benfeitorias realizadas no empreendimento Condomínio Solaris’. Também pretendia conhecer que alterações haviam sido feitas no triplex e seu custo — houve, de fato, reforma, com a instalação de um elevador privativo. Mas nenhuma dessas alterações foi solicitada por Lula e Marisa, segundo todas as testemunhas”, reforça o blogueiro.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.