Após decisão do STF, advogados de Lula pedem que Moro “obedeça” e mande processos para São Paulo

0

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu nesta quarta-feira (25) que o juiz federal Sergio Moro envie imediatamente para a Justiça Federal de São Paulo dois processos que tramitam em Curitiba contra o petista: um sobre reformas no sítio de Atibaia e outro relacionado a um terreno para o Instituto Lula e um apartamento em São Bernardo do Campo (SP).

“Requer-se a imediata remessa dos autos processuais para livre distribuição na Seção Judiciária do Estado de São Paulo (…), a menos que se queira desafiar a autoridade da decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal”, afirmam os advogados na petição.

Não há prazo para que Moro se manifeste sobre a petição da defesa.

Continua depois da Publicidade

Na terça (24), os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) acolheram um recurso da defesa de Lula e decidiram que Moro deveria enviar à Justiça paulista as delações da Odebrecht que tivessem relação com os dois casos contra o ex-presidente. A decisão do Supremo acatou um pedido da defesa, que argumentou, em dezembro, que os episódios narrados pelos delatores não tinham relação com a Petrobras.

CLICK POLÍTICA com informações de UOL

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.