Assim como fez desembargador, Toffoli deve enquadrar Moro por desmoralizar Segunda Turma do STF

0

O Ministro Dias Toffoli do STF deve enquadrar o juiz Sérgio Moro por descumprir decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, defendem juristas.
O magistrado curitibano vem desrespeitando decisões de instâncias superiores no âmbito da Operação Lava Jato.




Moro decidiu continuar com os processos de Lula que envolvem o Sítio de Atibaia, mesmo após o Supremo ter alijado que trechos das delações da Odebrecht que envolvem o ex-presidente deveriam ser enviados para São Paulo.
DESEMBARGADOR ACUSA MORO DE ATENTAR CONTRA O JUDICIÁRIO




O desembargador Ney Bello, presidente da 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) se revoltou com a ordem do magistrado de prosseguir com a extradição do empresário Raul Schmidt, que está em Portugal.

“A instigação ao descumprimento de ordem judicial emitida por um juiz autoriza toda a sociedade a descumprir ordens judiciais de quaisquer instâncias, substituindo a normalidade das decisões judiciais pelo equívoco das pretensões individuais”, disse o desembargador em nota.

VOLTANDO AO STF

Continua depois da Publicidade

Resta saber se o STF vai se “agachar” as vontades pessoais do juiz anteriormente citado que acredita estar acima da lei. Ou terminará de se desmoralizar.

Pelo o bem do Brasil e da justiça, a gestão desastrosa de Cármen Lúcia está na sua fase final.

DA REDAÇÃO DO PORTAL CLICK POLÍTICA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.