PSDB PODE SER EXTINTO! Paulo Preto cogita delação premiada

0

De Lauro Jardim no Globo.

Quem tem acesso a Paulo Preto garante que o ex-operador do PSDB paulista só possui estrutura para aguentar três meses preso (ele perdeu a liberdade há três semanas). Está humilhado.

Seis meses, por exemplo, ele não resiste. A partir daí, tudo é possível — ou, mais especificamente, uma delação. Sua família insiste com ele que esse é o melhor caminho.

Continua depois da Publicidade

Se falar, Paulo Preto não deixará pedra sobre pedra para alguns personagens relevantes, sobretudo Aloysio Nunes Ferreira, José Serra, Gilberto Kassab e o secretário dos Transportes de São Paulo, Saulo de Castro.

Geraldo Alckmin sairá chamuscado, mas não há bala letal contra o ex-governador.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.