PRÉDIO QUE DESABOU: Doria chama sem-teto de “facção criminosa” e Haddad lamenta postura de ódio

0

Em mais uma declaração polêmica e que demonstra total distanciamento dos problemas da cidade de São Paulo, o ex-prefeito da capital e pré-candidato ao governo do Estado, João Doria (PSDB), afirmou nesta terça-feira 1º que a solução para evitar tragédias como a do incêndio e o desabamento do edifício no centro nesta madrugada é evitar “invasões” – e não fazer um plano para moradias para a população sem teto.

“A solução é evitar as invasões, o prédio foi invadido, e parte dela por uma facção criminosa”, acusou o tucano, sem qualquer indício. Segundo ele, a Prefeitura de São Paulo tentou várias vezes, durante sua gestão, desocupar o prédio que pertencia à Caixa Econômica Federal e abrigar as pessoas em outros imóveis, mas “todas foram rechaçadas com ameaça de violência, porque ali era um centro de distribuição de drogas, além de abrigar famílias em situação de rua”.

RESPOSTA DE HADDAD:

O ex-prefeito Fernando Haddad mandou uma frase que retrata muito bem quem é João Doria Jr. No Twitter:

CLICK POLÍTICA com informações de Brasil247

Comovente a sensibilidade social de Doria.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.