BOTARAM PRA CORRER! Marqueteiro sugeriu a Temer ir ao local do desabamento

0

DO DCM:

Conforme publicação do Blog da Andrea Sadi, no G1, o presidente Michel Temer ouve muita gente. Ouve assessor, ouve amigo, ouve aliado. Mas toma decisões importantes baseadas em conselhos de um pequeno núcleo. Poucas pessoas deste restrito grupo são ouvidas para assuntos gerais e irrestritos, e dois personagens são praticamente onipresentes nas decisões de Temer. Um é o ministro Moreira Franco. O outro, o marqueteiro Elsinho Mouco. É a dupla responsável por fazer Temer acreditar – e discutir a sério – uma candidatura à Presidência da República em outubro.

Aliados de Temer ouvidos desde esta terça-feira (1º) pelo blog afirmam que partiu do marqueteiro a “sugestão” para que o presidente comparecesse ao local do prédio que desabou em São Paulo. Temer acabou hostilizado, e precisou sair às pressas. O Planalto busca culpados para a “exposição” do presidente. A decisão, no entanto, foi política. Nada a ver com logística. Quase um desafio de Temer a Temer: o presidente queria mostrar que, contrariando críticos, consegue sim sair às ruas.

A estratégia, explicam os emedebistas, era rebater críticas recentes de que Temer não pode sair de Brasília por dois motivos: denúncias e impopularidade. E os dois fatores combinados enterram a plataforma de qualquer político que se diga pré-candidato, uma vez que postulantes a cargos públicos precisam pedir votos na rua.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.