DESESPERO? Moro chama Tácla Duran de “foragido” e desmembra processo contra advogado que pode acabar com a Lava Jato

0

Do G1:

O juiz federal Sérgio Moro mandou separar parte da ação penal decorrente da 48ª fase da Lava Jato que investiga o réu Rodrigo Tacla Duran, foragido na Espanha. Esta etapa da operação apura irregularidades nas concessões de rodovias federais no Paraná.

Moro atendeu o pedido de desmembramento do processo feito pelo Ministério Público Federal (MPF), que argumentou que a notificação do advogado, que é apontado nas investigações como operador financeiro, “prolongaria demasiadamente o desenvolvimento do processo em prejuízo dos demais réus”.

A decisão do juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba, responsável pelas ações da Lava Jato na 1ª instância, é de segunda-feira (30).

“No que diz respeito a Rodrigo Tacla Duran, foragido na Espanha, acolho o pedido do MPF e determino seja o presente feito desmembrado em relação a ele, a fim de viabilizar a expedição de pedido de cooperação jurídica internacional destinado à sua citação, sem que haja comprometimento do trâmite desta ação penal”, diz o despacho.

O processo contra os outros 16 réus, que respondem por crimes como organização criminosa, estelionato, peculato, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e corrupção passiva, segue o trâmite padrão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.