COERENTE: Gilmar Mendes surpreende mais uma vez e pede restrição de privilegios para o Judiciário e MP; SAIBA!

0

O ministro Gilmar Mendes, em seu voto apresentado na tarde desta quinta (3), fez várias declarações importantes, inclusive de que o foro privilegiado é matéria do Congresso Nacional e deveria as duas casas, ou seja, Câmara e Senado decidirem os limites que deveriam ser atingidos na matéria, já que isso mexe diretamente na Constituição Federal.

Gilmar criticou o fato de mudanças drásticas para os deputados e senadores no âmbito judicial, enquanto que o poder judiciário ficou completamente gozando de todos os privilégios.

Ele se reportou também ao MP, que é beneficiado exageradamente, citando um caso de um promotor do estado de Alagoas.

O ministro lembrou que se um membro do MP cometer alguns crime ou for denunciado, será julgado pela CNMP, ou por um membro do próprio ministério público através de indicação, o que segundo ele, não é certo.

Mendes se dirigiu para a Procuradora Geral da República Raquel Dodge, que baixou a cabeça e ficou absolutamente inerte.

Para desmoralizar Cármen Lúcia, o ministro do STF disse: ” A Globo News é a terceira turma do Supremo Tribunal Federal”. E isso foi uma crítica clara à presidente, que inclusive tem a fama de ouvir o grupo Globo em suas decisões e que vez por outra se arruma a caráter, escolhendo as melhores peças em um ateliê, para prestar entrevista a citada emissora.

Redação, Portal Click Política, Gil Silva.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.