E AGORA DR MORO? Skaf admite que pediu dinheiro a Odebrecht; CONFIRA!

0

A Folha teve acesso ao depoimento que Paulo Skaf, presidente da Fiesp e pré-candidato do MDB ao governo paulista, prestou à PF em março deste ano.

O inquérito foi aberto em 2017, para apurar repasses da Odebrecht ao PMDB três anos antes. Skaf falou sobre um jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014, no qual teria sido acertado um repasse ilícito no valor de R$ 10 milhões.

O presidente da Fiesp disse ter pedido a Marcelo Odebrecht doação para sua campanha ao governo do Estado. Mas alegou não ter combinado valores com o empreiteiro e negou ter feito caixa dois na eleição.

Continua depois da Publicidade

CLICK POLÍTICA com informações de Antagonista

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.