ALCKMIN CORRE: Temer se afoga na impopularidade e afasta aliados; SAIBA!

0

Diz o editorial da Folha de S. Paulo:

“Oscilando entre 1% e 2% das preferências dos eleitores, segundo o Datafolha, o presidente tornou-se tóxico para seus aliados, uma presença indesejável no palanque.

Ao acenar com a possibilidade de abandonar suas pretensões eleitorais, Temer tenta se manter relevante no jogo político e evitar que outros integrantes do bloco governista ocupem o espaço do MDB.

Continua depois da Publicidade

Como trunfo, a legenda tem o controle sobre fatia relevante do tempo reservado à propaganda eleitoral neste ano — um ativo valioso que poderia aumentar as chances de qualquer um na campanha.

Mas o custo de uma aliança com o governismo pode ser tão alto que ninguém queira assumir tal compromisso, o que deixaria os candidatos do MDB nos estados livres para buscar outras composições.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.