DESESPERADO: Greca pede à Justiça para remover acampamento pró-Lula em Curitiba

0

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca (PMN) pediu a intervenção da Justiça federal para retirar os militantes que estão acampados nas imediações da sede da Polícia Federal em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “O prédio da PF não é uma penitenciária e a Justiça não pode violar a lei. Conversei com desembargadores do TRF4 de Porto Alegre e fui muito bem recebido”, disse Greca em entrevista ao Jornal da Eldorado. “O município merece respeito da Justiça Federal, mas Justiça tem seu tempo e talvez por isso os prédios caiam em SP por abandono”, completou.

Segundo ele, a estrutura de monitoramento do acampamento, feito pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar, custa cerca de R$ 10 mil por dia. O local já foi alvo de diversos ataques sendo que em m deles duas pessoas foram feridas por disparos de armas de fogo.

“Temos um monitoramento da PM e da Guarda, isso custa dinheiro, mas os ânimos estão acirrados. O PT e o MST colocam em antipatia a população civil de Curitiba”, afirmou. “Tudo que for preciso pra proteger os moradores eu vou fazer. A Justiça não tem direito de criar desarmonia na minha cidade”, completou Greca.

Continua depois da Publicidade

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.