PresidenteTemer avalia ser difícil haver candidatura única de centro ao Planalto; CONFIRA!

0

O presidente da República, Michel Temer, afirmou nesta quinta-feira, 10, em rápida entrevista por telefone ao Broadcast Político (serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado), que acha muito difícil haver uma candidatura única de centro à Presidência da República nas eleições deste ano. Diante desse cenário, ele disse que seu partido, o MDB, continua tendo duas opções de candidatos: ele próprio e o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles.

“Andei falando aqui numa coisa que não deu certo, que era tentar um único candidato de centro. E essa candidatura de centro já vi que não prospera uma única candidatura. Acho difícil. Tenho falado com algumas pessoas e vejo que é um pouco complicado. Então, tenho que deixar o quadro tal como está, como estava antes. Depois, até o mês de julho, decide-se o que vai se fazer”, declarou o presidente da República.

Temer afirmou que hoje não descarta nenhuma possibilidade, nem mesmo um eventual apoio ao ex-governador Geraldo Alckmin, pré-candidato ao Palácio do Planalto pelo PSDB e com o qual interlocutores do presidente já iniciaram diálogo sobre possível aliança eleitoral. “Hoje não descarto nada. Não descarto candidatura, não descarto nada. O futuro vai dizer. E o futuro é agora em julho”, disse.

Além de Alckmin, Temer e Meirelles, figuram como pré-candidatos de centro à Presidência na disputa deste ano o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); o senador Álvaro Dias (Podemos-PR); o empresário Flávio Rocha (PRB), dono das lojas Riachuelo; o ex-presidente do BNDES Paulo Rabello de Castro (PSC); e do empresário João Amoedo (Novo).

Portal Click Política.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.