SUJOU PARA O CANDIDATO DO DEM: Justiça suspende direitos políticos de César Maia; SAIBA!

0

A juíza Maria Paula Gouvêa Galhardo, da 4ª Vara de Fazenda Pública da Capital, suspendeu por oito anos os direitos políticos do ex-prefeito do Rio e atual vereador pelo DEM César Maia, pai do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia.

Ele foi condenado por improbidade administrativa, devido a irregularidades no pagamento feito pela prefeitura da capital fluminense à Construtora OAS, durante a construção do Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari.

De acordo com informações do portal G1, César Maia ainda terá de ressarcir os cofres públicos em R$ 3,3 milhões, também por determinação da Justiça.

De acordo com a assessoria do vereador, a defesa está entrando com recurso na instância superior. “É uma decisão em primeira instância cujo recurso trará as justificativas”, diz a nota.

Na denúncia, o Ministério Público aponta que o contrato assinado com a construtora foi prorrogado diversas vezes com acréscimo de valor e de prazo. A demora teria sido proposital, a fim de aguardar o resultado de ações judiciais sobre os modelos de gestão do hospital que seria inaugurado.

Além dele, também são réus na ação civil pública os ex-diretores da RioUrbe, Jorge Roberto Fortes e João Luiz Reis, o ex-secretário Municipal de Saúde, Jacob Kligerman, o ex-subsecretário de Administração de Finanças, Reynaldo Pinto de Souza Braga Júnior.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.