DESRESPEITO AO EXTREMO: Em plena greve, Temer e Parente voltam a aumentar preço do diesel; CONFIRA!

0

Em plena paralisação de 600 mil caminhoneiros pelo país, o presidente da Petrobras, Pedro Parente, tecnocrata filiado ao PSDB, autorizou mais um aumento do diesel, que já acumula 56% de alta nos últimos 10 meses. Caminhoneiros encararam o aumento como desaforo e a paralisação tende a se fortalecer.

“A Abcam entende o novo aumento do combustível como um desaforo a todos os trabalhadores brasileiros. Mas ela entende que essa atitude só fortalece as paralisações da categoria e incentiva que outros grupos de trabalhadores também passem a aderir ao manifesto”, disse o presidente da Abcam, José da Fonseca Lopes.

Os caminhoneiros reivindicam que as alíquotas de PIS/Pasep e Cofins sejam zeradas, além da isenção da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico). Os impostos representam quase a metade do valor do diesel na refinaria. Os caminhoneiros autônomos dizem estar no limite e afirmam que uma carga tributária menor daria fôlego ao setor, já que o diesel representa 42% do custo do frete.

Continua depois da Publicidade

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.