GLOBO SUGERE GOLPE MILITAR COMO SAÍDA NA VENEZUELA

0

Em editorial publicado nesta terça, o jornal O Globo, que apoiou os golpes de 1964 e 2016 no Brasil, sugere um caminho para a derrubada de Nicolás Maduro, na Venezuela: a intervenção militar, tese já defendida pelos Estados Unidos. Segundo a publicação dos irmãos Marinho, para o fim do chavismo, reeleito no último domingo, “falta a explicitação de alguma grave dissensão no grupo militar que sustenta Maduro”.

“A etapa final do drama ganha velocidade com o desmantelamento da estrutura de produção de petróleo, que parece entrar em colapso. Sequer divisas, com o hidrocarbureto em alta, a Venezuela consegue captar. Enquanto isso, credores externos começam a arrestar bens da estatal PDVSA em outros países. Para completar o cenário do fim, falta a explicitação de alguma grave dissensão no grupo militar que sustenta Maduro”, sustenta o texto do Globo.

No entanto, como na Venezuela Maduro controla as forças armadas, uma das hipóteses, levantadas pelo professor Igor Fuser, em entrevista à TV 247, seria uma guerra por procuração na América do Sul, em que os Estados Unidos fomentariam uma guerra regional, com a participação de países como Colômbia e até mesmo Brasil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.