Bolsonaro se aproxima de corrupto do mensalão

0

“Abrigado em um partido nanico, Jair Bolsonaro (PSL) aceitou jogar com as cartas da política tradicional” escreve o colunista Bruno Boghossian, na Folha.

“O líder da corrida ao Planalto intensificou seus contatos com o PR do ex-deputado Valdemar Costa Neto em busca de musculatura partidária e tempo de TV para tornar sua candidatura mais competitiva; chefão do PR foi condenado no mensalão por receber dinheiro para apoiar o governo Lula”.

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.