DESASTRE TEMER: Petrobras desaba mais de 10% em Nova York após corte do diesel

0

Infomoney – Os ADRs (American Depositary Receipts) da Petrobras (PETR3 -4,47%; PETR4 -5,83%) afundaram em Nova York após a companhia anunciar um corte de 10% no preço do diesel e congelamento dos preços por 15 dias. Às 20h33 (horário de Brasília), os ativos PBR tinham perdas de 10,99%, cotados a US$ 13,45, após recuarem 3,76% durante o pregão regular.

A Petrobras anunciou na noite desta quarta-feira (23) uma redução de 10% no preço do diesel. A decisão ocorre após três dias de greve dos caminhoneiros por conta do alto valor do combustível, o que já afeta a distribuição de produtos, a circulação do transporte público e até aeroportos. O reajuste é válido por 15 dias.

Em entrevista coletiva, o presidente da estatal, Pedro Parente, afirmou que esta medida é em caráter excepcional e não representa uma mudança na política de preços da companhia. O executivo prevê uma redução de R$ 0,25 no litro do diesel.

Continua depois da Publicidade

“Esta decisão será aplicada apenas ao diesel e tem como objetivo permitir que o governo e representantes dos caminhoneiros tenham tempo para negociar um acordo definitivo para o contexto atual de greve e, ao mesmo tempo, evitar impactos negativos para a população e para as operações da empresa”, diz a Petrobras em nota.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.