EFEITO VOX POPULI? Lava Jato declara guerra à greve dos caminhoneiros; SAIBA!

0

Nas redes sociais navegantes detonam declarações de membros da Operação Lava Jato, que criticam a greve dos caminhoneiros.

Para eles a Operação, foi quem gerou esse clima de tensão em torno da estatal, apenas para forçar o golpe e a prisão de Lula sem provas.

Agora depois das ações da operação de Moro, Dodge e Fachin, a estatal teve que suspender contratos com empresas, suspostamente envolvidas em denúncias, deixando cerca de meio milhão de pessoas desempregadas.

Eles disparam: “Com a greve dos caminhoneiros, o país toma conhecimento que a corrupção continua desenfreada na Petrobras, com dois fatos visíveis, de assalto ao dinheiro público envolvendo negócios conduzidos através de seu presidente Pedro Parente”.

Os internautas externam a indignação para com Sérgio Moro, MPF, TRF- 4, STJ e STF, que alimentaram uma onda de acusações, utilizada para acabar com a democracia e entregar o nosso petróleo ao capital internacional.

Eles repudiam a posição de Moro, Bretas, Carlos Fernando, Dallagnol e outros que decretam guerra ao movimento realizado pelos caminhoneiros, no qual, pede redução nos aumentos abusivos de combustíveis.

A Lava Jato não deve se meter onde não é chamada e pouco interessa a opinião de Sérgio Moro, que foi a peça principal para essa decadência no país.

Portal Click Política

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.