SEGURA MORO: Tacla Durán acerta com a Comissão de Direitos Humanos depoimento no dia 5

0

A Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados enviou hoje ao advogado Rodrigo Tacla Durán convite para que preste depoimento no próximo dia 5, a respeito da pressão que sofreu para que fizesse delação premiada, inclusive com a ameaça dos procuradores de envolver a irmã dele no caso.

Por conta disso, Tacla Durán levou toda a família para morar com ele na Espanha. O advogado, que prestou serviços para a Odebrecht, deve aceitar o convite e, a exemplo do que fez na CPI da JBS, prestar depoimento por videoconferência. Ele também está disposto a depor como testemunha nos processos de Lula em Curitiba, mas Sergio Moro rejeita a produção dessa prova.

Estranha a negativa de Moro. Afinal, quem não deve não teme.

(Joaquim de Carvalho)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.