Nos bastidores do governo Temer, Carlos Marun é o grande derrotado da paralisação dos caminhoneiros

0

Da Coluna Radar da Veja.

Principal articulador do governo, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB), saiu com péssima imagem da crise com os caminhoneiros.

Marun está sem trânsito com a Câmara, já que ele não e o presidente da Casa, Rodrigo Maia, não se falam desde o início da greve.

Continua depois da Publicidade

Também acumula desavenças com o presidente do Senado, Eunício Oliveira.

O senador chegou, inclusive, a pedir para Michel Temer trocar o porta-voz do governo durante a crise nas estradas. A função acabou ficando para o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.

E, como se não bastasse, Marun trombou ainda com o governador de São Paulo, Márcio França.

Isso porque França iniciou a negociação para que caminhões vazios não pagassem frete.

Marun optou por atropelar França, anunciando a ideia antes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.