Fachin nega novo pedido de liberdade a Palocci; CONFIRA!

0

ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou pedido de liberdade feito pela defesa do ex-ministro Antonio Palocci, em decisão proferida na última quarta-feira (6).

Palocci está preso desde setembro de 2016, na superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), devido às investigações da Operação Lava Jato.

No ano passado, ele foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a 12 anos, dois meses e 20 dias, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, em um dos processos a que responde no âmbito da força-tarefa.

Continua depois da Publicidade

O novo pedido de liberdade foi feito, segundo informações do portal G1, pelos advogados do ex-ministro, no dia 14 de maio, um mês depois de o Supremo ter decido mantê-lo preso, por 7 votos a 4.

À época, Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luis Roberto Barroso, Luiz Fux, Rosa Weber, Celso de Mello e Cármen Lúcia votaram contra liberdade de Palocci. Já Marco Aurélio, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes foram a favor de soltá-lo. Toffoli sugeriu substituir prisão por medidas cautelares.

Portal Click Política.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.