Candidato do PT e líder absoluto, Lula autoriza “pacto de não-agressão” com Ciro

0

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva autorizou, em conversas com auxiliares, que seja costurado um pacto de não-agressão com o candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, com vistas ao segundo turno.

Segundo petistas, a orientação é que o pedetista seja tratado como alguém do mesmo campo político. Emissários do ex-presidente vão procurar Ciro já na semana que vem. (…) uma aliança com PDT está praticamente descartada no primeiro turno.

O PT reuniu-se nessa sexta (8) em Contagem (MG) para fazer um lançamento simbólico da candidatura presidencial de Lula, mesmo ele estando preso em Curitiba. A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, disse que impedir Lula de se candidatar será uma “brutalidade”. “Seria uma brutalidade, uma agressão com o presidente, porque nós estamos com recursos bem fundamentados em instâncias superiores”, disse.

(…) Aliado de Ciro, o governador petista do Ceará, Camilo Santana, faltou ao evento.

CLICK POLÍTICA com informações de Folha

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.