FALCATRUA NAS DELAÇÕES: PF indicia ex-procurador Marcelo Miller e Joesley por corrupção; CONFIRA!

0

A Polícia Federal indiciou o ex-procurador da República Marcelo Miller por corrupção passiva e o empresário Joesley Batista, da JBS, por corrupção ativa. Também foram indiciados, por corrupção ativa as advogadas Fernanda Tórtima e Esther Flesch, que trabalhavam para a empresa o ex-executivo da J&F Francisco de Assis. O processo que apura se Joesley, Francisco de Assis e as advogadas tentaram corromper Miller, enquanto ele atuava no Ministério Público. Segundo as investigações, o objetivo dos indiciados seria obter ajuda no acordo de delação premiada de membros da J$F.

De acordo com o delegado Cleyber Malta Lopes, responsável pelo caso, há indícios suficientes de que Joesley Batista, Francisco de Assis, Fernanda Tórtima e Esther Fleschos corromperam Marcelo Miller para obter ajuda no acordo de delação premiada de executivos da J&F.

O delegado também apontou omissão por parte de Joesley e do ex-executivo “sobre a real extensão dos atos praticados por Marcello Miller e a relação ilícita entre Miller e os investigados”.

Vale ressaltar que o então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu, em setembro do ano passado, a rescisão das delações de quatro executivos da J&F – Joesley, Wesley Batista, Ricardo Saud e Francisco de Assis – por omissão e má-fé dos delatores. Segundo a PGR, na época, eles teriam deixado de informar sobre suposta orientação prestada por Miller nas negociações, enquanto era do MP.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.