Sem protagonismo internacional, Brasil quer dos EUA informações imediatas sobre crianças separadas, diz chanceler de Temer

0

Do site oficial de Aloysio Nunes.

O Brasil quer informações imediatas dos EUA sobre crianças separadas dos pais, disse o chanceler Aloysio Nunes nesta terça-feira (26) em entrevista à rádio “Jovem Pan”. “Que haja informação imediata e fidedigna cada vez que uma criança brasileira se encontrar nessa situação que qualificamos como cruel”, afirmou.

O ministro das Relações Exteriores informou ainda à rádio “Eldorado” que três dos 49 menores brasileiros que estavam no estado do Arizona já estão a caminho de casas de parentes nos EUA. “Estamos providenciando assistência jurídica para as crianças e para os pais que estejam detidos”, disse o chanceler.

Em encontro com o vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, em Brasília, o chanceler pediu “que se faça cessar essa situação com muita celeridade”.

Na quarta-feira (27), Pence visitará Manaus para conhecer a situação dos refugiados venezuelanos deslocados pela crise no país governado pelo presidente Nicolás Maduro. De acordo com o ministro das Relações Exteriores, os EUA já estão contribuindo financeiramente no acolhimento a esses estrangeiros através de doações ao Alto Comissariado da ONU para refugiados (ACNUR).

Relações com os EUA

Os Estados Unidos são o segundo maior parceiro comercial do Brasil (só perde para a China) e o principal para a exportação de manufaturas brasileiras. Em 2017, nosso país recebe US$ 11 bilhões de investimentos norte-americanos, enquanto que as inversões do Brasil criaram 100 mil empregos nos EUA.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.