PT recorre para que Lula grave vídeos da campanha

0

O PT irá acionar instâncias superiores para que a Justiça se manifeste sobre o pedido do partido para que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva possa gravar vídeos para sua pré-campanha a presidente da República na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde é mantido como preso político desde 7 de abril.

“Vamos recorrer porque a juíza de execução penal não se manifesta. Nós já solicitamos entrevistas e as gravações para a pré-campanha. É muito ruim essa situação (de silêncio da juíza)”, afirmou nesta segunda-feira, 2, a senadora Gleisi Hoffmann, presidente do PT, à Revista Fórum. “Os advogados estão estudando se o recurso será na Justiça Federal ou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE)”, completou.

A senadora reafirmou a candidatura de Lula como a única do partido, sem qualquer margem para um plano B. “O povo está firme na candidatura. Mesmo com a prisão, Lula continua apresentando 30,32% das intenções de voto. O povo está dando o recado. Lula é candidatíssimo e será presidente”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.