Crivella diz ser vítima de “intolerância religiosa” e da “mídia tendenciosa”

0

Marcelo Crivella afirmou no Facebook que ‘a mídia tendenciosa divulgou o trabalho de maneira equivocada’.

O Ministério Público vai investigar circunstâncias do encontro dele com líderes evangélicos no Palácio da Cidade, sede da prefeitura. Áudios mostram que o prefeito prometeu soluções para problemas com IPTU e agilidade para cirurgias de catarata.

Boa noite, amigos. No último dia 04, estive em reunião com representantes religiosos para prestar contas e divulgar serviços importantes para a sociedade, entre eles o Mutirão de Cirurgias de Catarata e o Programa Sem Varizes.

Continua depois da Publicidade

Desde o início da nossa gestão, recebemos os mais diversos representantes da sociedade civil. Foram mais de 1000 reuniões para tratarmos dos mais variados assuntos, portanto esta não foi a primeira e não será a última. É comum que um gestor municipal receba líderes de diversas áreas da sociedade para ouvi-los de perto e apresentar soluções para as demandas daquele grupo.

Infelizmente, mais uma vez, a mídia tendenciosa divulgou o nosso trabalho de maneira equivocada. É triste notarmos o quanto ainda precisamos avançar no âmbito da luta contra o preconceito religioso. Em nossa gestão, todas as religiões sempre foram e serão muito bem recebidas.

É inadmissível que uma cidade como o Rio de Janeiro, em pleno desenvolvimento, sofra consequências de atitudes preconceituosas e intolerância religiosa. Não iremos permitir que isso aconteça.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.