MANOBRA CONTRA LULA: MORO VAI DIZER AO CNJ QUE NÃO ESTAVA EM PORTUGAL; SAIBA!

0

CLICK POLÍTICA – O juiz de Curitiba Sérgio Moro agora tenta dar uma nova versão sobre a “vergonha jurídica” protagonizada por ele no domingo passado ao negar cumprimento de decisão de instância superior que determinou soltura do ex-presidente Lula.

Moro alega que a informações de que ele estava em Portugal não procedem.

Preocupado, o magistrado curitibano diz que vai informar ao CNJ que não viajou para a Europa, e que de lá, dava as ordens a PF para não cumprir decisão do desembargador Rogério Favreto.

Porém, a pergunta que fica no ar. Por que Moro vem dizer agora que não estava em Portuga? Foi instruído por alguém?

Vale ressaltar que os políticos divulgavam a todo instante que o juiz fazia toda a manobra por telefone para manter o ex-presidente Lula na cadeia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.