CIRO DISPARA E MANDA CARTA A BOEING PEDINDO SUSPENSÃO DA COMPRA DA EMBRAER

0

Num dos movimentos mais acertados da sua pré-campanha presidencial, o candidato Ciro Gomes, do PDT, defendeu a suspensão da entrega da Embraer à Boeing – um dos principais crimes de lesa-pátria do governo Michel Temer e do golpe PSDB-MDB. “Esse acordo feito no estertor de um governo e na iminência de 84 dias de uma eleição presidencial é clandestino e absolutamente ameaçador da segurança nacional brasileira.

Portanto, ele não deveria ser consumado, e, se for, tem que ser desfeito”, disse ele, durante encontro na Abimaq, a associação das indústrias de máquinas e equipamentos. Uma carta de Ciro à Boeing será tornada pública nesta quarta-feira

A Embraer (EMBR3.SA) anunciou nesta terça-feira durante a feira britânica de aviação de Farnborough novas encomendas e intenções de compra da nova família de jatos comerciais E2, em acordos com potencial de reforçar a carteira de pedidos da fabricante brasileira em alguns bilhões de dólares nos próximos meses.

A maior parte dos anúncios, porém, envolveu intenções de compra, que podem ou não ser confirmadas mais adiante, num total até agora de 136 aviões. Deste volume, 100 unidades envolvem o jato E175, encomendado pela norte-americana Republic Airways, e incluem possibilidade de conversão do pedido para o novo modelo E175-E2. A intenção da companhia, se confirmada, valerá 9,3 bilhões de dólares a preços atuais dos aviões.

Além disso, a companhia aérea brasileira Azul (AZUL4.SA) assinou intenção de ampliar em 21 jatos seu pedido de 30 E195-E2 acertado em 2015, a suíça Helvetic Airways pretende levar 12 E190-E2 nos próximos meses e uma companhia aérea espanhola cujo nome não foi revelado mostrou interesse firme em três E195-E2.

Em termos de pedidos firmes, a fabricante brasileira conseguiu nesta terça-feira 10 encomendas de E195-E2, que carregam opção de serem ampliadas em mais 10 unidades do mesmo modelo. O pedido foi feito pela Wataniya Airways, do Kuwait, tem um valor potencial de até 1,3 bilhão de dólares e será incluído na carteira de encomendas firmes do terceiro trimestre. Na véspera, durante a feira britânica, a Embraer anunciou pedido firme feito pela norte-americana United Airlines envolvendo 25 jatos E175, em um contrato avaliado em 1,1 bilhão de dólares.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.