Juristas apontam que Fachin e Cármen Lúcia ainda pedirão desculpas pelas “manobras escabrosas” contra Lula no STF

0

CLICK POLÍTICA – Juristas de todo o Brasil lamentam até que ponto chegou a perseguição judicial contra o ex-presidente Lula dentro do Supremo Tribunal Federal.

As manobras vergonhosas para mantê-lo preso, atendendo um apelo da Rede Globo e da Lava Jato de Curitiba mostram como as instituições brasileiras se desmantelaram em pouco tempo.

Para advogados, chegará o dia em que os Ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia pediram desculpas a Lula pelos os atos praticados por ambos em seus processos no âmbito da operação Lava Jato, que já tem caído no descrédito popular. Um exemplo disso é o alto índice de rejeição do juiz de “condução duvidosa”, Sérgio Moro, segundo pesquisa IPSOS divulgada pelo o jornal O Estadão.

As manobras dos ministros citados anteriormente são consideradas “escabrosas”, manchando o direito e o amplo direito de defesa, além de ferir o devido processo legal.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.