Juíza Eleitoral devolve inquérito do ex-governador Beto Richa para a Vara de Moro em Curitiba; SAIBA!

0

O ex-governador Beto Richa (PSDB) voltou a ser investigado pela 13ª Vara Federal de Curitiba, sob a jurisdição do juiz Sérgio Moro, da lava jato. Isto ocorreu porque a juíza eleitoral Mayra Rocco Stainsack devolveu o inquérito ao magistrado sobre crimes no processo de licitação na duplicação da PR-323.

Delatado por receber R$ 4 milhões em propina da Odebrecht, empreiteira carro-chefe da lava jato, Beto Richa teve seu caso penal deslocado para a esfera da Justiça Eleitoral.

O processo que estava no Superior Tribunal de Justiça (STJ) — que é o foro dos governadores — foi inicialmente encaminhado para a 13ª Vara Federal do juiz Sérgio Moro, responsável pela lava jato na primeira instância, mas acabou deslocado para blindagem eleitoral.

Quando encaminhou o inquérito contra Richa para a justiça eleitoral, no mês passado, Moro reconheceu que “Há indícios de que o caso não consiste em doações eleitorais não registradas, mas sim em possível crime de corrupção.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.