COMEÇA A FALAR FINO? Em 1º discurso como candidato, Bolsonaro diz não ser salvador da pátria; SAIBA!

0

Em seu primeiro discurso como candidato à Presidência da República pelo PSL, o capitão reformado Jair Bolsonaro fez um afago a gays, mulheres, negros e nordestinos, ao pedir união, ao mesmo tempo em que a ideologia é um mal tão grave quanto a corrupção.

Logo nos primeiros minutos de quase uma hora pela qual discursou, ele afirmou não ser o salvador da pátria, mas ao final usou o dito “Deus não chama os capacitados, capacita os escolhidos” para dizer que não entende de economia. Nesse momento, ele mencionou seu principal conselheiro na área, o economista Paulo Guedes.

Em evento realizado no Rio de Janeiro, o PSL oficializou o deputado federal como seu candidato ao Palácio do Planalto. O nome de seu vice ainda não foi formalizado, embora a advogada Janaína Paschoal, uma das favoritas para o posto, estivesse presente.

Bolsonaro repetiu várias de suas falas que vem fazendo desde que se filiou ao PSL em março deste ano. Ele voltou a criticar o centrão – bloco formado por DEM, PP, SD e PR – e a esquerda, a quem culpou pelos problemas atuais do país.

Ele voltou a falar que indicará um militar para comandar o Ministério da Defesa caso seja eleito e destacou que os militares terão papel de importância em eventual governo. “Irmãos do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, vocês serão reconhecidos no meu governo. Vocês são atacados diuturnamente, acusados dos maiores absurdos por essa esquerda que está ai porque vocês são o último obstáculo para o socialismo”, disse.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.