POLÊMICA: PF apresenta nova versão sobre acidente que matou Eduardo Campos

0

DO BLOG DO JAMILDO:

O relatório da Polícia Federal sobre o acidente que vitimou o ex-governador Eduardo Campos (PSB) e mais seis pessoas apontou falha mecânica como a causa mais provável para a queda do avião que levava o então presidenciável, em 2014, segundo o advogado Antônio Campos, irmão do socialista. A PF apresentou nesta segunda-feira (6), no Recife, as conclusões do inquérito aos familiares das vítimas do acidente, entre eles a viúva do ex-governador Renata Campos, o filho João Campos e o advogado. O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, também esteve presente.

A conclusão do inquérito da PF aponta entre as possíveis causas, de acordo com Antônio Campos, uma falha mecânica do compensador do profundor, que fica na cauda do avião e que coloca o avião para baixo ou para cima.

O relatório do delegado Rubens Maleiner, responsável pelo caso, foi iniciado com dez hipóteses para a causa da queda do avião, mas restaram quatro. A desorientação espacial do piloto é a causa mais improvável para o acidente, relatou Antônio Campos.

João Campos, pré-candidato a deputado federal pelo PSB e filho do ex-governador, afirmou em entrevista coletiva que nenhuma das hipóteses foi conclusiva. Ele disse que a família vai analisar todas as informações.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.