FERNANDO HADDAD: “O golpe deu errado, esse projeto não passa nas urnas; SAIBA!

0

Em entrevista concedida aos blogueiros progressistas na manhã desta terça (7), o candidato a vice-presidente de Lula, Fernando Haddad (PT), afirmou que o projeto que estruturou o golpe de 2016 “não passou pelas urnas e nem vai passar”.

Na coletiva, Haddad falou sobre a coligação, sobre as propostas para o governo, sobre a situação de Lula, entre outros assuntos.

Ele justificou a importância da disputa da presidência por Lula no fato de que o país está sendo desmontado pelo golpe de 2016.

Haddad afirmou que o golpe de 2016 deu errado. “Eles esperavam chegar melhor nas eleições, mas hoje a maioria do povo rejeita as medidas tomadas pelo governo Temer”. Mesmo assim, para ele, o projeto dos golpistas tem representantes em mais de uma candidatura à presidência. Além de Henrique Meirelles (MDB), ele identificou Geraldo Alckmin (PSDB) como o principal defensor das medidas golpistas.

Ao final da entrevista, Haddad foi questionado em qual será o papel do Lula, caso sua candidatura seja inviabilizada. Ele disse que o PT quer eleger Lula presidente de novo para resgatar o País.

Sobre a condenação, Haddad afirmou ter ouvido do ex-presidente: “Eu quero um julgamento justo”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.