TODOS COM LULA: Haddad agradece apoio de governador da Paraíba e destaca união com PSB

0

Candidato a vice-presidente da chapa encabeçada pelo ex-presidente Lula, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad disse nesta terça-feira (14) que o governador Ricardo Coutinho (PSB) teve um papel destacado no realinhamento do PSB e no apoio do partido à candidatura de Lula.

“Ricardo Coutinho é uma liderança que teve muita dignidade nesse processo todo. Porque sempre jogou a favor das instituições, sempre se manifestou contra essa bagunça que está acontecendo, se solidarizou com a presidente Dilma Rousseff e, sobretudo, com o presidente Lula. Nunca deixou de dar solidariedade a Lula em todos os momentos. Ricardo ajudou o PSB a reencontrar o rumo, porque o PSB estava se descaracterizando, estava se tornando um partido mais conservador”, disse Haddad em entrevista à Rádio Arapuan.

Ele lembrou que em dez estados PT e PSB estão juntos na campanha e que o partido terá um papel destacado em um eventual governo de Lula.

“O PSB do Nordeste terá um papel destacado no próximo governo do presidente Lula. Pode contar com isso. Vamos eleger aí praticamente todos os governadores da base aliada do Lula. Dificilmente um governador do Nordeste contra o Lula vai ter voto. Quem é contra Lula no Nordeste vai voltar pra casa, não vai ficar na política”, declarou.

Durante a entrevista Hadda responsabilizou o MDB e o PSDB pela crise que o país enfrenta. “A Dilma foi reeleita em 2014 com a menor taxa de desemprego da história do país. Aécio Neves passou a militar contra a democracia na noite seguinte da sua derrota. Se aliou ao que tem de pior nesse país para gerar a maior crise institucional que o país já viveu. Essa aliança, do PSDB com o MDB, do Aécio com o Eduardo Cunha, do Aécio com Temer, essa sim, foi a responsável pela crise que nós estamos vivendo”, afirmou.

Segundo Haddad, “essa crise só termina com o Lula na presidência”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.