ESCÁRNIO AO EXTREMO! Haddad reage a Lava Jato que tenta impedir Lula de ter até advogados de defesa

0

Em declaração à imprensa após visita ao ex-presidente Lula, o porta-voz e candidato a vice na chapa do PT, Fernando Haddad, comentou sobre o registro da candidatura feita nesta quarta-feira no TSE, em meio a forte mobilização popular em Brasília, e a reação imediata da Procuradoria Geral da República, que já contestou a candidatura.

“Estamos muito confiantes que o TSE vai aguardar a decisão do STJ sobre o nosso recurso, para que possamos convalidar o registro e ele figurar na urna no dia 7 de outubro de 2018”, declarou Haddad.

“Nós já esperávamos uma reação, mas o dispositivo da Lei da Ficha Limpa que prevê que casos como o dele possam ser revistos pelos tribunais superiores, ele está ciente disso e sabia que nós iríamos acionar os tribunais superiores”, comentou ainda.

Sobre a iniciativa da Lava Jato de querer cassar o direito de advogados de visitarem o ex-presidente na cela da Polícia Federal, Haddad definiu como “manifesta inconstitucionalidade”. “Eu não tenho notícia do Ministério Público querer cassar o registro na OAB de quem tem habilitação para isso, então é um fato inédito, cassar a prerrogativa de advogado”, criticou.

Em declaração à Vigília Lula Livre, em seguida, Haddad destacou que Lula também está “muito indignado” com a visita ao Brasil do Secretário de Segurança dos Estados Unidos, o que mostra uma política de entrega aos estadunidenses.

“Estamos defendendo o direito dos brasileiros de votar em Lula, e não vamos desistir enquanto não conseguirmos levar Lula de volta ao Planalto”, declarou ainda Fernando Haddad.

O ex-chanceler Celso Amorim também comentou que “o presidente não dá nenhum sinal de depressão”. “Revolta, sim, mas está acompanhando. Preso, mas está na luta”, acrescentou. “Nenhum sinal de abatimento”, disse também Haddad.

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.