Sem voto, Alckmin tira o nordeste do roteiro da campanha; SAIBA!

0

Jornal do Brasil:

A chapa PSDB-Centrão resolveu investir no eleitorado dos estados do Sul e Sudeste, pelo menos na primeira fase da campanha. Além de recuperar os votos que ameaçam ser levados pelos candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Álvaro Dias (Podemos), o candidato Geraldo Alckmin encontra dificuldades para penetrar no Norte e Nordeste, onde os partidos integrantes do bloco – Democratas, PR, PP, Solidariedade e PRB – se dividem entre o apoio ao PT, com Luiz Inácio Lula da Silva ou Fernando Haddad, e ao PDT, com Ciro Gomes.

(…) Embora a coordenação da campanha esteja a cargo do baiano Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM), prefeito de Salvador, a decisão de “abrir mão” do Nordeste foi tomada em reunião, esta semana, do conselho de líderes que integram a campanha. Apesar de o programa de governo do candidato destinar um capítulo ao Nordeste, a avaliação do conselho é que o tempo até sete de outubro será muito curto (…)

A assessoria de Geraldo Alckmin não informou quando o candidato visitará a região. Mas correligionários dizem que não há previsão, pelo menos para as duas próximas semanas. [A candidata a vice-presidente] Ana Amélia, por sua vez, não tem agenda prevista nos estados de cima. (…)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.