Bolsonaro que levou cola pra debate “surta” e diz que Brasil sairá da ONU se ele for eleito

0

Jovem Pan – O candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) usou suas redes sociais neste sábado (18) para defender a saída do Brasil do Conselho de Segurança da ONU (Organização das Nações Unidas). “Há mais ou menos 2 meses falei em entrevista que já teria tirado o Brasil do conselho da ONU, não só por se posicionarem contra Israel, mas por sempre estarem ao lado de tudo que não presta”, escreveu em seu perfil do Twitter.

A afirmação aparece depois de um pronunciamento da entidade sobre o pedido de registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Em carta, ela disse que o petista precisa ter garantido o seu direito de disputar a eleição. “Este atual apoio a um corrupto condenado e preso é só mais um exemplo da nossa posição”, completou no tuíte.

Há mais ou menos 2 meses falei em entrevista que já teria tirado o Brasil do conselho da ONU, não só por se posicionarem contra Israel, mas por sempre estarem ao lado de tudo que não presta. Este atual apoio a um corrupto condenado e preso é só mais um exemplo da nossa posição.

— Jair Bolsonaro (@jairbolsonaro) 18 de agosto de 2018

O Conselho de Segurança é formado por especialistas independentes que monitoram a implementação, pelos Estados partes, dos principais tratados internacionais de direitos humanos adotados pela Assembleia Geral da ONU.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.