Ex-conselheiro do TCE-SP é acusado de receber R$ 2 milhões em propina

0

O MP-SP denunciou Eduardo Bittencourt Carvalho, ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, sob a acusação dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, informa a Folha.

Segundo o promotor Marcelo Mendroni, Bittencourt cobrou e recebeu R$ 2 milhões em propina para tomar decisões favoráveis ao consórcio das empreiteiras Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez em um lote da obra da Linha 5-Lilás do Metrô.

A denúncia baseou-se em depoimentos e documentos entregues por executivos da Camargo Corrêa que fecharam acordo de delação premiada.

Bittencourt, que chegou a presidir o TCE-SP, foi afastado do tribunal pela Justiça em 2011, acusado de enriquecimento ilícito: ele acumulou um patrimônio de R$ 50 milhões, incompatível com seu salário, segundo o MP.

A defesa do ex-conselheiro não se manifestou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.