Lula chega a 60% em PE; Bolsonaro só bate petista no DF

0

DO PORTAL FORUM:

Os números da corrida presidencial nos estados de SP, RJ, MG, PE e DF mostram disparidades regionais entre os candidatos, segundo a pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira (22). O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chega a 60% em Pernambuco – nacionalmente, Lula tem 39%.

Sem Lula na corrida presidencial, Marina Silva (Rede) é a principal herdeira dos votos lulistas em Pernambuco e chega a 18% no segundo maior estado nordestino. Também é em Pernambuco que Jair Bolsonaro (PSL) tem seu pior resultado nesses cinco estados – 10% no cenário com Lula e 12% sem Lula.

Já no Distrito Federal, Jair Bolsonaro lidera em todos os cenários testados. Com Lula na disputa, Bolsonaro tem 27% das intenções de voto contra 23% do petista. Sem Lula, ele chega a 28% das intenções de voto e tem Marina Silva como principal adversária, com 17%.

Em São Paulo, maior colégio eleitoral do país, Lula lidera com 26% das intenções de voto contra 19% de Bolsonaro e 14% de Geraldo Alckmin (PSDB). Bolsonaro chega a 21% e Alckmin a 18%, no cenário sem Lula. Também é em São Paulo que Fernando Haddad (PT) tem seu melhor resultado entre as cinco unidades da federação pesquisadas, com 6% das intenções de voto.

No Rio de Janeiro, Bolsonaro e Marina pontuam acima de suas médias nacionais. Ainda assim, o ex-presidente Lula lidera no estado com 31%. Eleito deputado por cinco vezes no estado, Bolsonaro chega a 28% das intenções de voto quando Lula não está na disputa e 23% no cenário com ex-presidente. Já Marina registra 20% dos votos fluminenses no cenário sem Lula e 13% quando Lula é candidato.

O RJ mostra-se problemático para o tucano Geraldo Alckmin. No cenário com Lula, ele soma apenas 2%, contra 6% em todo o país. Já na pesquisa sem o petista, ele registra 4% no Rio de Janeiro, contra 9% no cenário nacional.

Minas Gerais – segundo maior colégio eleitoral – é o estado cujo resultado apresenta mais semelhança com a média nacional. Lula tem 41% das intenções de voto contra 18% de Bolsonaro. Marina Silva tem 9%, Geraldo Alckmin tem 4% e Ciro Gomes (PDT) tem 4%. Alvaro Dias (Podemos) aparece com 2%. Já no cenário sem Lula e com Fernando Haddad (PT), Bolsonaro lidera em Minas com 21%. Marina está em segundo com 17%, Ciro em terceiro com 9%, seguido de Alckmin (8%) e Haddad (4%).

Os índices de rejeição dos presidenciáveis variam muito de acordo com o estado. O índice de rejeição de Lula chega a 51% entre os eleitores do Distrito federal e 47% em São paulo, mas fica em apenas 14% em Pernambuco. A situação de Bolsonaro é inversa: em Pernambuco, 46% dos eleitores não votariam nele de jeito nenhum e 34% dos eleitores do DFnão votariam nele.

Geraldo Alckmin tem maior índice de rejeição em São Paulo (29%) e o menor em Minas Gerais (22%). Já Marina é mais rejeitada em São paulo (22%) e menos no Rio (17%). O Datafolha ouviu eleitores de 20 a 21 de agosto. A margem de erro da pesquisa, encomendada por Folha e TV Globo, é de dois pontos percentuais.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.