HADDAD DETONA O MP, “Age de forma partidária e tem apenas a palavra de um bandido”

O candidato a vice-presidente na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Haddad, fez duras críticas à ação do Ministério Público de São Paulo, que às vésperas da eleição apresentou denúncia de suposto enriquecimento ilícito contra ele, a partir de delação do empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia.

“O MP tem na mão a palavra de um bandido”, disse Haddad, em entrevista coletiva após participar de atos de campanha no Rio. O vice de Lula deixou claro que há registros de oito casos em que delações feitas por Pessoa não foram comprovadas. “Parece que foram oito inquéritos arquivados porque ele não consegue comprovar o que diz”, afirmou Haddad.

O ex-prefeito sugeriu que o MP paulista atua politicamente, já que não investiga suspeitas de corrupção relacionadas ao governo do Estado de São Paulo. Segundo Haddad, em “24 anos de governo do PSDB, tem escândalo em todo o canto”. “E não há nada, não há nenhum procedimento (de investigação)”, disse o ex-prefeito.

Comentários estão fechados.