NA GLOBO: Bolsonaro cala Bonner e Renata ao afirma que Roberto Marinho apoiou o golpe de 1964; SAIBA!

CLICK POLÍTICA – O candidato do PSL, Jair Bolsonaro, participou na noite desta terça (28), para defender as suas propostas de governo.

O presidenciável reforçou o seu programa de armar a população e uma reação mais dura por parte dos militares em confronto com bandidos.

Bolsonaro defendeu ainda, que a questões trabalhistas sejam efetivadas respeitando as leis em vigor, retirando assim, a participação no governo em qualquer interferência nesse sentido.

O candidato do PSL calou os apresentadores do Jornal Nacional, quando lembrou do golpe de 1964, defendendo algumas medidas da época, para que sejam colocadas em prática hoje, caso seja necessário.

Bolsonaro chamou o dono da Rede Globo, Roberto Marinho (falecido), de ditador,pois em 64 estava apoiando integralmente o golpe militar.

Bonner e Renata Vasconcelos encerraram a entrevista imediatamente, demonstrando um desapontamento sem precedentes.

Na opinião de observadores políticos na internet, a Globo mais uma vez foi colocada em xeque e vai ter que se explicar, pois apoiou o golpe de 1964 e agora fez o mesmo com todas as letras, tanto no golpe contra Dilma e com o ex-presidente Lula.

Comentários estão fechados.