KENNEDY SOBRE HADDAD: Ministério Público deve ter mais responsabilidade em suas denúncias

O jornalista Kennedy Alencar destaca achar “estranha” a acusação de enriquecimento ilícito feita pelo Ministério Público Federal contra o ex-prefeito Fernando Haddad, candidato a vice na chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Pelo que se sabe da vida pessoal e financeira de Haddad, não há sinal no sentido de enriquecimento ilícito”, escreveu Kennedy em seu blog.

Sobre a denúncia contra Haddad, feita com base na delação do empreiteiro Ricardo Pessoa (UTC), que afirma ter pagode contas da campanha à Prefeitura de São Paulo em 2012, o jornalista ressalta que “o Ministério Público deveria ter mais dados para formular um ataque nesse sentido”.

“Soa estranho em relação à vida pública e pessoal que Haddad demonstra ter. É preciso mais responsabilidade para fazer acusações, sobretudo em época de campanha eleitoral _Haddad é o plano B do PT para a eleição presidencial”, diz Kennedy.

Ele relembra que das “16 acusações feitas até agora por Ricardo Pessoa, oito caíram por terra. A lei de delação premiada prevê no parágrafo 16 do artigo 4º que “nenhuma sentença condenatória será proferida com fundamento apenas na declaração do agente colaborador”. É importante combater a corrupção endêmica do Brasil respeitando a lei.

CLICK POLÍTICA com informações de brasil247

Comentários estão fechados.