CARTA MARCADA? Barroso levou apenas 12 horas para analisar defesa de Lula

0

O ministro Luis Roberto Barroso, relator da candidatura a presidente de Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), analisou em apenas 12 horas os argumentos da defesa de Lula e as alegações do Ministério Público Eleitoral.

Como mostra o sistema processual da Justiça Eleitoral, as manifestações da defesa de Lula e do MP chegaram ao gabinete do ministro Barroso às 23h34 dessa quinta-feira, 30. Às 12h58 desta sexta-feira, 31, a matéria foi incluída na pauta do TSE.

Em seu voto, Barroso decidiu ignorar a decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU e votou por negar o registro de candidatura de Lula. Em um discurso em que falou de “moral” e fez elogios à Lei da Ficha Limpa, ele disse que “decisões do Comitê têm caráter de recomendação e não possuem efeito vinculante”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.