Marina no JN: “Se fosse hoje, não apoiaria o Aécio no segundo turno”

0

A candidata à presidência Marina Silva (Rede) mostrou em entrevista ao Jornal Nacional, na noite desta quinta-feira (30), estar arrependida de ter apoiado Aécio Neves (PSDB) no segundo turno das eleições de 2014. “Hoje, com as informações da Lava Jato, não teria apoiado o Aécio, disse Marina ao ser perguntada se não seria “incoerente” de sua parte se apresentar como a candidata de fora da polarização PT X PSDB tendo apoiado um tucano.

A candidata da Rede ainda se enrolou para responder como poderia se apresentar como “novo” ou “diferente” uma vez que seu partido está coligado, em alguns estados, com velhos partidos, que vão desde MDB até PT e PSDB.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.