Haddad se transmuta em Lampião para levar adiante mensagem de Lula

0

A perseguição a Lula vai encontrando sérias dificuldades em se traduzir em uma perseguição ao povo brasileiro, pois o povo é soberano e fará a sua escolha nas eleições. Investido da legitimidade de ser o escolhido de Lula, Fernando Haddad dá início a um processo inédito de transmutação política, encarnando Lampião na terra natal do maior líder popular da história do Brasil, Garanhuns-PE, e se misturando ao povo que enxerga nele a resposta para a sanha persecutória de um poder judiciário mergulhado em metástase.

Haddad, ainda candidato a vice-presidente na chapa encabeçada pelo ex-presidente Lula – pois há recursos ainda a serem mobilizados pela defesa do PT –, conversou com a população de Garanhuns, usando o típico chapéu de couro do sertão nordestino.

Ao lado de Paulo Câmara, ele enalteceu a aliança entre PT e PSB no estado, destacou o crescimento da região após a chegada da Universidade Federal – obra dos governos democráticos do PT – e reforçou o compromisso do futuro governo com o desenvolvimento do nordeste como um todo.

Haddad manifestou seu otimismo, lembrando da parceira entre Eduardo Campos e Lula e apontou para uma gestão voltada para os mais pobres. Indagado pelos populares que o cercavam, o ex-prefeito usou a expressão “votar de cabo a rabo na nossa chapa”, deixando clara sua transfiguração em curso com vistas ao possível protagonismo e a imensa responsabilidade que será governar para aqueles que são a paixão de Lula e são apaixonados por Lula.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.